Aguarde...
Carregando atendimento
Perguntas Frequentes
Resolva suas dúvidas
São Paulo e celulares
(11)­ 3197-4396­
Demais regiões
0800-580-0836­
WhatsApp
(11)­ 99636-6171­
    


 
Encontre seu curso por ordem alfabética:
ABC DEF GH I JKL MNO PQR STU VWX YZ

 
Compartilhar no Google +  Compartilhar no Twitter

Curso de Execução de Estruturas de Concreto Armado

Curso online de Execução de Estruturas de Concreto Armado
 
 

Começe a estudar hoje mesmo
Curso livre
Sem mensalidades
Prova final online
Certificado incluso
Compatível com celulares e tablets
Utilize em progressão funcional
Utilize em complemento de horas
Utilize para aprimorar seu currículo
Utilize em concursos públicos
Nome do curso pode ser alterado
Professor e tira-dúvidas online
Sala de aula virtual
Satisfação ou devolução do seu dinheiro
Carteira de estudante opcional
Escola associada ABED

 
 


      
 
Esse curso é ideal para quem deseja se aperfeiçoar em técnicas para realizar obras com concreto armado. Você aprenderá sobre madeiramento, como fazer vigas, colunas, sapatas e muito mais. O curso também conta com um material completo voltado para o cálculo do projeto estrutural em concreto armado.

Conteúdo 1: Manual de Execução de Estruturas de Concreto Armado

  • Apresentação
  • O sistema de fôrmas
  • Fôrmas para concreto
  • Funções do sistema de fôrmas
  • Cargas atuantes nas fôrmas
  • Nomenclatura básica
  • Pilares
  • Vigas
  • Lajes
  • Sistema completo
  • Materiais empregados nas fôrmas
  • Molde
  • Cimbramento
  • Escoramento e vigamento
  • Travamento
  • Mãos-francesas
  • Acessórios
  • Os sistemas de fôrmas para concreto disponíveis: classificação e descrição
  • Caracterização dos sistemas
  • Fôrmas para elementos verticais
  • Fôrmas para elementos horizontais
  • O mercado de sistemas de fôrmas
  • O processo de produção das armaduras
  • Definições de nomenclatura
  • Matéria-prima
  • Especificações e características
  • Massa linear
  • Propriedades mecânicas
  • Dobramento
  • Aderência
  • Aferição da qualidade do aço
  • O emprego de armaduras de aço
  • Disposições construtivas gerais das armaduras
  • Afastamento mínimo das barras
  • Ancoragem das armaduras
  • Ancoragem por meio de dispositivos mecânicos
  • Emendas das barras das armaduras
  • Cobrimento das armaduras
  • Disposições construtivas específicas quanto aos principais elementos estruturais das edificações
  • Armadura dos pilares
  • Considerações gerais sobre o elemento estrutural
  • Arranjos longitudinais das armaduras dos pilares
  • Arranjos transversais das armaduras dos pilares
  • Armadura das vigas
  • Considerações gerais sobre o elemento estrutural
  • Arranjos longitudinais das armaduras
  • Arranjos transversais das armaduras
  • Armaduras das lajes
  • Considerações gerais sobre o elemento estrutural
  • Critérios de arranjo geral
  • Arranjos longitudinais das armaduras
  • Arranjos transversais das armaduras
  • Concretagem
  • Concreto e as suas formas de produção
  • A execução da concretagem
  • Recebimento
  • Transporte
  • Aplicação
  • Lançamento
  • Espalhamento
  • Adensamento
  • Acabamento superficial
  • Cura
  • Controle do processo de concretagem

Conteúdo 2: Produção de Estruturas de Concreto Armado em Edifícios

  • A produção da estrutura de edifícios com concreto armado
  • Produção das fôrmas e escoramento
  • Conceituação
  • Propriedades ou requisitos de desempenho (para atender as funções das fôrmas)
  • O custo da fôrma no conjunto do edifício
  • Elementos constituintes de um sistema de fôrmas
  • Principais materiais utilizados para a produção de fôrmas
  • O conceito estrutural das fôrmas
  • Estudo do sistema convencional de fôrmas de madeira
  • Características da fôrma de laje
  • Características da fôrma de viga
  • Características da fôrma do pilar
  • Estudo de sistemas de fôrmas racionalizadas
  • Objetivos da racionalização do sistema de fôrmas
  • Recomendações de projeto do edifício para aumentar a racionalização
  • Ações de racionalização do sistema de fôrmas
  • Parâmetros para escolha ou projeto do sistema de fôrmas
  • Considerações sobre a execução das fôrmas
  • Outros tipos de fôrma
  • A montagem da armadura
  • A compra do aço
  • A organização do aço no canteiro
  • Corte da armadura
  • Preparo da armadura
  • Montagem da armadura
  • Aspectos sobre a produção da estrutura de concreto armado
  • Recebimento do sistema de fôrmas
  • Montagem das fôrmas dos pilares
  • Controle de recebimento da montagem dos pilares
  • Montagem de fôrmas de vigas e lajes
  • Controle de recebimento da fôrma de vigas e lajes
  • Procedimentos para a concretagem dos pilares
  • Verificação da concretagem do pilar
  • Colocação das armaduras nas fôrmas de vigas e lajes
  • Verificações para liberação da armadura de vigas e lajes
  • Procedimentos para a concretagem das vigas e lajes
  • Procedimentos recomendados para lançamento do concreto
  • Procedimentos para desforma

Conteúdo 3: Controle Tecnológico Básico do Concreto

  • Conceituação geral
  • Concreto
  • Concreto armado
  • Durabilidade do concreto
  • Durabilidade do concreto armado
  • Sentido econômico do concreto armado
  • Fissuração do concreto armado
  • Vantagens e desvantagens do concreto armado
  • Constituição do concreto
  • Elementos constituintes do concreto
  • Cimento
  • Tipos de cimento
  • Cimentos portland
  • Cimentos portland modificados
  • Agregados
  • Propriedades gerais
  • Agregados miúdo
  • Agregado graúdo
  • Água
  • Aditivos
  • Propriedades do concreto
  • Propriedades do concreto fresco
  • Preparação do concreto
  • Consistência do concreto fresco
  • Transporte e colocação do concreto
  • Propriedades do concreto normal endurecido
  • Cura do concreto
  • Resistência à compressão simples do concreto
  • Dosagem do concreto normal
  • Finalidade da dosagem
  • Resistência da dosagem
  • Processos de dosagem
  • Concreto de granulometria contínua
  • Dosagem de concretos com granulometria contínua
  • Cálculo do traço em peso
  • Cálculo do traço em volume
  • Dosagem de concretos com agregados de granulometria descontínua

Conteúdo 4: Concreto Armado - Projeto Estrutural de Edifícios

  • Concepção estrutural
  • Generalidades
  • Identificação dos elementos estruturais
  • Elementos lineares
  • Elementos bidimensionais
  • Elementos tridimensionais
  • Sistemas estruturais compostos de elementos
  • Descrição da estrutura de um edifício
  • Generalidades
  • Disposição dos elementos estruturais
  • Arranjo estrutural
  • Sistemas estruturais usuais
  • Subsistemas horizontais
  • Subsistemas verticais
  • Idealização das ações
  • O modelo mecânico
  • Custo da estrutura
  • Ações a considerar nos projetos de edifícios
  • Generalidades
  • Ações permanentes
  • Ações permanentes diretas
  • Ações permanentes indiretas
  • Ações variáveis
  • Ações variáveis normais
  • Ações variáveis especiais
  • Ações excepcionais
  • Valores das ações permanentes
  • Ação permanente de componentes utilizados em edifícios
  • Peso próprio de alvenaria revestida de um tijolo furado
  • Peso próprio de vários materiais usualmente empregados
  • Exemplo de consideração de ações permanentes em lajes
  • Peso próprio de paredes não definidas no projeto
  • Cálculo dos esforços solicitantes de lajes com ação de paredes definidas no projeto
  • Ações variáveis normais
  • Consideração das ações variáveis normais nos pilares
  • Exemplo de consideração de ações variáveis em lajes
  • Ação do vento
  • Cálculo das forças devidas ao vento em edifícios
  • Procedimento de cálculo
  • Cálculo dos esforços solicitantes
  • Efeitos dinâmicos
  • Exemplo de cálculo das forças por causa do vento
  • Velocidade característica do vento
  • Velocidade básica do vento
  • Fator topográfico
  • Fator S2
  • Fator estatístico S3
  • Velocidades característica do vento
  • Pressão dinâmica
  • Determinação dos coeficientes de arrasto (CA)
  • Direção do vento perpendicular à fachada de menor área
  • Direção do vento perpendicular à fachada de maior área
  • Determinação das forças relativas ao vento
  • Direção do vento perpendicular à fachada de menor área
  • Direção do vento perpendicular à fachada de maior área
  • Outras ações
  • Variação da temperatura
  • Ações dinâmicas
  • Ações excepcionais
  • Retração
  • Fluência
  • Escolha da forma da estrutura
  • Aspectos gerais
  • Anteprojeto da forma da estrutura de um edifício
  • Dimensões mínimas dos elementos estruturais
  • Lajes
  • Vigas e vigas-parede
  • Pilares e pilares-parede
  • Paredes estruturais
  • Fundações
  • Dimensões econômicas para pré-dimensionamento de elementos estruturais
  • Escolha das posições dos elementos estruturais
  • Pré-dimensionamento da estrutura dos pavimentos
  • Análise estrutural
  • Considerações iniciais
  • Estabilidade global de edifícios
  • Parâmetro de instabilidade a
  • Coeficiente YZ
  • Análise de estruturas de nós móveis
  • Consideração da alvenaria
  • Esforços solicitantes por causa de imperfeições globais
  • Ações horizontais
  • Considerações iniciais
  • Modelos para determinação dos esforços solicitantes
  • Modelos de pórticos planos
  • Modelo tridimensional
  • Métodos simplificados
  • Valores das ações a serem considerados nos projetos
  • Valores representativos das ações
  • Valores de cálculo
  • Coeficientes de ponderação das ações no estado limite último
  • Combinações das ações
  • Combinações a considerar
  • Combinações últimas
  • Combinações de serviço
  • Lajes maciças
  • Exemplos de esquemas estáticos para lajes maciças
  • Laje isolada, apoiada em vigas no seu contorno
  • Duas lajes contíguas
  • Lajes em balanço
  • Tipos de condições de vinculação para lajes isoladas
  • Condições de vinculação diferentes das indicadas nas tabelas
  • Vãos efetivos das lajes
  • Altura útil e espessura
  • Cálculo dos esforços solicitantes
  • Reações de apoio
  • Cálculo mediante tabelas
  • Cálculo dos momentos fletores
  • Equação diferencial da superfície elástica
  • Momentos fletores e compatibilização
  • Cálculo mediante tabelas
  • Cálculo dos momentos fletores finais
  • Esforços solicitantes em lajes com ação linearmente distribuída - paredes sobre lajes
  • Lajes armadas em duas direções
  • Lajes armadas em uma direção
  • Parede na direção perpendicular a armadura principal
  • Parede paralela à armadura principal
  • Dimensionamento das lajes maciças
  • Verificação das tensões tangenciais
  • Lajes sem armadura para força cortante
  • Verificação das tensões normais - cálculo das armaduras
  • Cálculo das armaduras longitudinais de tração
  • Distribuição das armaduras de flexão
  • Armaduras junto à face inferior da laje (positivas)
  • Armadura junto à face superior da laje ( negativas )
  • Momentos volventes
  • Verificação dos estados limites de serviço
  • Estado limite de deformação excessiva
  • Estado limite de formação de fissura
  • Estado limite de deformação
  • Estado limite de fissuração
  • Exemplo de projeto de pavimento de edifício
  • Escolha da forma estrutural
  • Verificação das dimensões indicadas na planta arquitetônica
  • Cálculo das distâncias entre as faces das vigas
  • Dimensionamento das lajes
  • Vinculação, vãos teóricos, espessuras das lajes
  • Desenho da forma estrutural
  • Ações nas lajes
  • Ações permanentes diretas
  • Ação relativa ao enchimento na laje l02
  • Ação das paredes na laje l02
  • Ações variáveis normais
  • Ações atuantes na laje l03
  • Cálculo dos esforços solicitantes
  • Cálculo e detalhamento das armaduras
  • Verificação das tensões tangenciais
  • Verificação dos estados limites de serviço
  • Momento de fissuração
  • Verificação dos estados limites de deformação excessiva
  • Verificação das aberturas das fissuras

Conteúdo 5: Execução de Fundações

  • A mecânica dos solos
  • A área de fundações
  • NBR 6122 - Projeto e execução de fundações
  • Fundação Superficial (ou rasa ou direta)
  • Sapata
  • Bloco
  • Radier
  • Sapata associada
  • Sapata corrida
  • Fundação Profunda
  • Estaca
  • Tubulão
  • Caixão
  • Termos
  • Investigações geotécnicas, geológicas e observações locais
  • Reconhecimento geológico
  • Reconhecimento geotécnico
  • Cargas e segurança nas fundações
  • Estados Limites Últimos - Análise de Ruptura
  • Estados Limites de Utilização - Análise de Deformação
  • Fundações Superficiais
  • Pressão admissível
  • Metodologia para determinação da pressão admissível
  • Pressão admissível em solos compressíveis
  • Solos expansivos
  • Solos colapsíveis
  • Dimensionamento de Fundações Superficiais
  • Dimensionamento geométrico
  • Dimensionamento estrutural
  • Disposições construtivas
  • Fundações Profundas
  • Carga admissível do ponto de vista geotécnico
  • Métodos para avaliação da capacidade de carga do solo
  • Métodos estáticos
  • Provas de carga
  • Métodos dinâmicos
  • Carga admissível a partir do recalque
  • Atrito lateral
  • Tração e Esforços Horizontais
  • Efeito de Grupo
  • Tipos de fundações
  • Fundações Rasas ou Diretas
  • Blocos de Fundação
  • Sapatas de Fundação
  • Fundações Profundas
  • Estacas
  • Tubulões
  • Interação solo - fundação
  • Caso geral
  • Casos típicos
  • Fundação rasa ou direta
  • Investigação do subsolo para fundações
  • Subsídios mínimos a serem fornecidos pelo programa de investigação do subsolo
  • Informações que se buscam em um programa de prospecção
  • Coeficientes de Segurança
  • Tipos de Prospecção Geotécnica
  • Processos Indiretos
  • Processos Semi-Diretos
  • Processos Diretos
  • Poços
  • Trincheiras
  • Sondagens a Trado
  • Sondagens de Simples Reconhecimento
  • Sondagens Rotativas
  • Sondagens Mistas
  • Prospecção Geofísica
  • Resistividade Elétrica
  • Sísmica de Refração
  • Métodos Semi-diretos
  • Penetrômetros
  • Ensaio Pressiométrico
  • Programação da Investigação do Subsolo
  • Número mínimo de sondagens
  • Profundidade das sondagens
  • Capacidade de carga de fundação direta
  • Fórmulas de Capacidade de Carga
  • Fórmula Geral de Terzaghi
  • Ruptura Geral (areias compactas e argilas duras)
  • Ruptura Local (areias fofas e argilas moles)
  • Ruptura Intermediária (areias medianamente compactas e argilas médias)
  • Fórmula de Skempton
  • Coeficientes de redução dos fatores de capacidade de carga para esforços inclinados
  • Influência do Nível d'Água
  • Método da NBR 6122
  • Correção para Solo Arenoso (Classe de 4 a 9)
  • Correção para solo argiloso (Classe de 10 a 15)
  • Para qualquer solo
  • Prova de Carga em Fundação Direta ou Rasa
  • Recalques de fundações diretas
  • Recalques de Estruturas
  • Efeito de Recalques em Estruturas
  • Recalques Admissíveis das Estruturas
  • Causas de Recalques
  • Recalques Limites
  • Pressões de Contato e Recalques
  • Solos Arenosos
  • Solos Argilosos
  • Cálculo dos Recalques
  • Recalques por Adensamento - Solos Argilosos
  • Recalque Elástico
  • Influência das dimensões das fundações
  • Nos resultados das fórmulas de cálculo de recalques
  • Recalques elásticos
  • Recalques por adensamento
  • Nos resultados das fórmulas de cálculo de capacidade de carga
  • Fórmula geral de Terzaghi
  • Fórmula de Skempton
  • Nos Resultados das Provas de Carga
  • Solos argilosos
  • Solos arenosos
  • Dimensionamento de fundações por sapatas
  • Sapatas Isoladas
  • Sapatas Associadas
  • Sapatas de Divisa
  • Fundações profundas
  • Tubulões
  • Tubulões a céu aberto
  • Sem revestimento
  • Com Revestimento
  • Tubulões a Ar Comprimido ou Pneumáticos
  • Capacidade de Carga dos Tubulões
  • Solos Arenosos
  • Solos Argilosos
  • Considerações finais
  • Ensaio de campo - SPT e CPT
  • Solos Coesivos - Resistência de Base
  • Solos não coesivos - Resistência de Base
  • Dimensionamento de Tubulões
  • Tubulão Isolado
  • Superposição de Bases
  • Uma falsa Elipse
  • Duas Falsas Elipses
  • Pilares de Divisa
  • Cálculo do Volume de Concreto
  • Tubulão com base circular
  • Tubulão com base em "falsa elipse"
  • Estacas de Fundação
  • Classificação das Estacas
  • Estacas de Sustentação
  • Forma de Trabalho de Sustentação
  • Implantação
  • Moldadas "in-loco"
  • Estacas brocas - trado manual (acima do NA)
  • Estaca escavada mecanicamente (s/lama bentonítica)
  • Estaca escavada (c/lama bentonítica)
  • Estaca raiz
  • Estaca Strauss
  • Estaca Apiloada
  • Estaca Hélice Contínua
  • Estaca Hélice Segmentada
  • Estaca Ômega
  • Estacas Franki
  • Estacas Simplex
  • Estacas Prensadas (Mega)
  • Estacas Mistas
  • Capacidade de Carga de Estacas Isoladas
  • Fórmulas Estáticas
  • Fórmulas Teóricas
  • Fórmulas Dinâmicas
  • Provas de Carga
  • Fórmulas Semi-Empíricas
  • Método de Aoki & Velloso
  • Método de Décourt & Quaresma
  • Dimensionamento
  • Estacas Isoladas e Grupos de Estacas
  • Fórmula das Filas e Colunas
  • Fórmula de Converse-Labarre
  • Método de Feld
  • Escolha do tipo de fundação
  • Deverão ser conhecidas no mínimo
  • Critérios de decisão
  • Etapas para estudo de uma fundação
  • Limitações de alguns tipos de fundações profundas

  

Ainda com dúvidas sobre o Curso online Execução de Estruturas de Concreto Armado?

Acesse nossa página de Perguntas Frequentes (FAQ) e veja se sua dúvida já tem uma resposta imediata cadastrada.
 
Você também pode entrar em contato com a CursosVirtuais.net usando os canais da nossa Central de Atendimento ao Aluno.
 
 
 
  Veja também
 
Assentamento de Pisos, Cerâmicas e Azulejos

Assentamento de Pisos, Cerâmicas e Azulejos

Aprenda a colocar azulejos, pisos, cerâmicas e mosaicos com nosso curso.

A partir de
3x de R$ 10,00
ou R$ 30,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Concreto Armado - Teoria e Cálculo

Concreto Armado - Teoria e Cálculo

O Curso de Concreto Armado - Teoria e Cálculo é um curso completo destinado a engenheiros, arquitetos e estudantes focado na teoria e cálculo. É um material de excelente qualidade que serve para estudos e também consultas de profissionais que já atuam na área.

A partir de
3x de R$ 11,00
ou R$ 33,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Construção de Casas e Edifícios

Construção de Casas e Edifícios

O curso de Construção de Casas e Edifícios traz um conteúdo necessário para o desenvolvimento de um profissional capacitado e diferenciado. O curso disponibiliza uma linguagem objetiva e clara no qual facilita o aprendizado e a futura elaboração de projetos. Indicados para engenheiros, técnicos, pedreiros e mestres de obras.

A partir de
3x de R$ 8,00
ou R$ 24,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Modelos de Projetos e Escadas

Modelos de Projetos e Escadas

Você vai construir? Então não deixe de adquirir o Curso de Modelos e Projetos ter idéias de projetos de casas, chalés, apartamentos e escadas!

A partir de
3x de R$ 9,00
ou R$ 27,00 no boleto
 Vantagens do curso


      CURSOSVIRTUAIS.NET
OTAVIO MEDEIROS DIAS EPP
CNPJ 08.179.401/0001-62
Caixa Postal 446, Ibiúna/SP - CEP 18150000
Atendimento ao aluno:
0800-580-0836 / (11)­ 3197-4396 / (11)­ 99636-6171
atendimento@cursosvirtuais.net
De Segunda a Sexta, das 08h00 às 20h00, exceto feriados