Aguarde...
Carregando atendimento
Perguntas Frequentes
Resolva suas dúvidas
São Paulo e celulares
(11)­ 3197-4396­
Demais regiões
0800-580-0836­
WhatsApp
(11)­ 99636-6171­
    


 
Encontre seu curso por ordem alfabética:
ABC DEF GH I JKL MNO PQR STU VWX YZ

 
Compartilhar no Google +  Compartilhar no Twitter

Curso de Concreto Armado - Teoria e Cálculo

Curso online de Concreto Armado - Teoria e Cálculo
 
 

Começe a estudar hoje mesmo
Curso livre
Sem mensalidades
Prova final online
Certificado incluso
Compatível com celulares e tablets
Utilize em progressão funcional
Utilize em complemento de horas
Utilize para aprimorar seu currículo
Utilize em concursos públicos
Nome do curso pode ser alterado
Professor e tira-dúvidas online
Sala de aula virtual
Satisfação ou devolução do seu dinheiro
Carteira de estudante opcional
Escola associada ABED

 
 


      
 
O curso online de Concreto Armado tem como objetivo capacitar o aluno para a teoria e cálculo exigidas no mercado de trabalho e profissionais deste ramo. O aluno irá aprender o estudo de resistência à tração em estruturas e seções transversais nas edificações, aderência do concreto lançado, aspectos da manutenção das estruturas de concreto, concreto armado e sua generalidade, concreto em lajes mistas ou treliçada, área, dosagem de concreto em centrais de distribuições, entre muitos outros tópicos essenciais.

O curso de Concreto Armado sobre Teoria e Cálculo é destinado para quem já trabalha com obras e está buscando um aperfeiçoamento, estudantes de engenharia buscando horas complementares na faculdade, ou para quem deseja entender o sobre o assunto para depois se especializar e trabalhar no ramo.

Conteúdo 1: Concreto Armado Básico

  • Materiais Usados Para A Fabricação Do Concreto
  • Cimento
  • Cimento Portland
  • Cimento Portland De Alto Forno
  • Cimento Pazolânico
  • Cimento Aluminoso
  • Agregados
  • Areia Fina
  • Areia Grossa
  • Brita 1
  • Brita 2
  • Água De Amassamento
  • Aditivos
  • Dosagem Do Concreto
  • Características Mecânicas Do Concreto
  • Resistência A Compressão
  • Resistência A Tração
  • Valores Da Relação
  • Diagrama Tensão X Deformação
  • Módulo De Deformação Longitudinal A Compressão
  • Características Reológicas Do Concreto
  • Retração
  • Influência Da Temperatura
  • Aços Para Armaduras
  • Os Aços Para Concreto Armado
  • Aços Tipo "A"
  • Aços Tipo "B"
  • Estados Limites Do Concreto
  • Estado Limite Último
  • Estados Limites De Utilização
  • Estado De Formação De Fissuras
  • Estado De Fissuração Inaceitável
  • Estado De Deformação Excessiva
  • Critérios De Segurança
  • Resistências De Cálculo
  • Solicitações De Cálculo
  • Coeficientes De Minoração E Majoração
  • Dimensionamento Das Peças No Estado Limite Último

Conteúdo 2: Produção de Concreto Armado

  • Recebimento do sistema de fôrmas
  • Montagem das fôrmas dos pilares
  • Controle do recebimento da montagem dos pilares
  • Montagem de fôrmas de vigas e lajes
  • Controle do recebimento da fôrma de vigas e lajes
  • Procedimento para concretagem dos pilares
  • Verificação da concretagem do pilar
  • Colocação de armaduras nas fôrmas de vigas e lajes
  • Verificações para liberação da armadura de vigas e lajes
  • Procedimentos para concretagem de vigas e lajes
  • Procedimentos para lançamento do concreto
  • Procedimentos para desforma

Conteúdo 3: Dosagem de Concreto

  • Concreto
  • Propriedades Do Concreto
  • Traço De Concreto
  • Dosagem Racional Do Concreto
  • Critérios Práticos Para Estudo Da Dosagem
  • Parâmetros Para Definição Da Plasticidade
  • Plasticidade Aproximada Do Concreto Nas Estruturas
  • Sistema De Mistura Dos Materiais
  • Técnicas E Formas Dos Sistemas De Transporte
  • Critérios De Lançamento Do Concreto
  • Métodos De Adensamento
  • Acabamento Do Concreto No Estado Fresco
  • Aplicação De Cura No Concreto
  • Análises Para Caracterização Dos Materiais
  • Tipo E Característica Do Cimento Portland
  • Nomenclatura Do Cimento Portland Regido Pelas Normas Da ABNT
  • Tipo De Cimento Portland
  • Aplicações Adequadas Dos Diferentes Tipos De Cimento Portland
  • Quadro De Exigências Físicas E Mecânicas Do Cimento Portland
  • Quadro De Exigências Químicas Do Cimento Portland
  • Ensaios Físicos Do Cimento Portland
  • Agregados Para Concreto
  • Classificação Pela Densidade Aparente Solta
  • Obtenção Dos Agregados Miúdos Naturais
  • Obtenção Dos Agregados Miúdos Artificiais
  • Obtenção Do Agregado Graúdo Natural
  • Obtenção Do Agregado Graúdo Artificial
  • Propriedades Dos Agregados De Densidade Normal
  • Composição Granulométrica
  • Determinação Do Inchamento Da Areia
  • Fixação Do Fator Água / Cimento Adequado
  • Condições Ambientais
  • Tamanho Máximo Dos Agregados
  • Cálculo Do Traço
  • Critérios Para Fixação Da Resistência De Dosagem
  • Cálculo Da Relação (M) Dos Agregados Em Peso
  • Alternativas Para Composição Dos Agregados (M)
  • Método Através Da Porcentagem De Vazios
  • Mistura Sucessiva De Todos Os Agregados Em Estado Seco
  • Método Através Da Mescla Granulométrica
  • Porcentagem De Argamassa Por Estimativa
  • Cálculo Do Tups - Traço Unitário Em Peso Seco
  • Verificação Do Teor Global Dos Materiais
  • Consumo Teórico De Cimento Para 1m3 De Concreto
  • Peso Dos Materiais Secos Para 1m3 De Concreto
  • Volume Absoluto Dos Materiais Secos P/ 1m3 De Concreto
  • Volume Aparente Dos Materiais Secos P/ 1m3 De Concreto
  • Confirmação Do Tups - Traço Unitário Em Peso Seco
  • Padiolas, Corrigido Em Função Da Umidade Da Areia
  • Cálculos Da Altura Dimensões E Quantidades Das Padiolas
  • Água Corrigida Em Função Da Umidade Da Areia
  • Dosagem Experimental Do Concreto Em Laboratório
  • Dosagem Corrigido Devido Ao Inchamento Da Areia
  • Tuvi - Traço Unitário Em Volume Inchado (Vi)
  • Quantidades E Dimensões Das Padiolas Dos Agregados

Conteúdo 4: Dimensionamento de Pilares

  • Agressividade do ambiente
  • Qualidade do concreto de cobrimento
  • Espessura do cobrimento da armadura
  • Conceitos iniciais
  • Solicitações normais
  • Flambagem
  • Não-linearidade física e geométrica
  • Equação da curvatura de elementos fletidos
  • Compressão axial
  • Pilar-padrão
  • Noções de contraventamento de estruturas
  • Estruturas de nós fixos e móveis
  • Elementos isolados
  • Índice de esbeltez
  • Excentricidades
  • Excentricidade de 1a ordem
  • Excentricidade acidental
  • Excentricidade de 2a ordem
  • Excentricidade devida à fluência
  • Determinação dos efeitos locais de 2a ordem
  • Método do pilar-padrão com curvatura aproximada
  • Método do pilar-padrão com rigidez aproximada
  • Situações básicas de projeto
  • Pilar intermediário
  • Pilar de extremidade
  • Pilar de canto
  • Determinação da seção sob o máximo momento fletor
  • Situações de projeto e de cálculo
  • Pilar intermediário
  • Pilar de extremidade
  • Pilar de canto
  • Cálculo da armadura longitudinal com auxílio de ábacos
  • Flexão composta normal
  • Flexão composta oblíqua
  • Relação entre a dimensão mínima e o coeficiente de ponderação
  • Cálculo dos pilares intermediários
  • Cálculo dos pilares de extremidade
  • Cálculo dos pilares de canto
  • Disposições construtivas
  • Armadura longitudinal de pilares
  • Diâmetro mínimo
  • Distribuição transversal
  • Armadura mínima e máxima
  • Detalhamento da armadura
  • Proteção contra flambagem
  • Armadura transversal de pilares
  • Pilares-parede
  • Estimativa da carga vertical no pilar por área de influência
  • Pré-dimensionamento da seção transversal do pilar
  • Dimensionamento de pilares de uma edificação de baixa altura

Conteúdo 5: Dimensionamento de Vigas

  • Análise estrutural
  • Análise linear
  • Análise linear com redistribuição
  • Análise plástica
  • Análise não linear
  • Análise por meio de elementos físicos
  • Hipóteses básicas
  • Vão efetivo
  • Altura e largura
  • Instabilidade lateral
  • Análise linear com ou sem redistribuição
  • Rigidez
  • Restrições para a redistribuição
  • Limites para redistribuição de momentos fletores e condições de ductilidade
  • Aproximações permitidas em vigas de estruturas usuais de edifícios
  • Grelhas e pórticos espaciais
  • Consideração de cargas variáveis
  • Arredondamento do diagrama de momentos fletores
  • Armadura de suspensão
  • Exemplo de cálculo e detalhamento de viga contínua
  • Estimativa da altura da viga
  • Vão efetivo
  • Instabilidade lateral da viga
  • Cargas na laje e na viga
  • Esquema estático e carregamento na viga vs1
  • Rigidez da mola
  • Esforços solicitantes
  • Dimensionamento das armaduras
  • Armadura mínima de flexão
  • Armadura de pele
  • Armadura longitudinal de flexão
  • Momento fletor negativo
  • Momento fletor positivo
  • Armadura longitudinal máxima
  • Armadura transversal para força cortante
  • Pilar intermediário p2
  • Pilares extremos p1 e p3
  • Detalhamento da armadura transversal
  • Ancoragem das armaduras longitudinais
  • Armadura positiva nos pilares extremos p1 e p3
  • Armadura positiva no pilar interno p2
  • Armadura negativa nos pilares extremos p1 e p3
  • Detalhamento da armadura longitudinal

Conteúdo 6: Manutenção de Estruturas de Concreto

  • Conceito De Manutenção Estrutural
  • Cadastramento Das Estruturas
  • Inspeção Periódica
  • Pontos E Anomalias A Observar
  • Inspeção Condicionada
  • Serviços De Limpeza
  • Serviços De Reparo E De Reforço
  • Exemplo De Planilha Para A Inspeção Em Obras

Conteúdo 7: Tecnologia dos Materiais de Reparo

  • Materiais a Serem Utilizados
  • Conceito De Conserto De Superfície
  • Escolha Do Material De Reparo, Reforço E Proteção
  • Argamassas E Reparos
  • Adesivos E Primers
  • Proteção De Armadura Contra A Corrosão
  • Ancoragem De Barras De Espera De Tirantes E De Chumbadores
  • Sistema De Pintura De Proteção De Superfície De Concreto
  • Proposição De Metodologia Para Serviços De Recuperação Estrutural
  • Recuperação De Estruturas Deterioradas
  • Descrição Dos Serviços
  • Corte Do Concreto
  • Armadura Para Concreto (Recomposição)
  • Tratamento Com Jato De Areia Úmida
  • Pintura Das Armaduras Com Primer Rico Em Zinco
  • Aplicação De Concreto Projetado (Método Gunite)
  • Argamassa
  • Tratamento De Fissuras Passivas
  • Concretagem Pelo Sistema Convencional
  • Recomposição Da Área
  • Atualização Dos Documentos Conforme Construído (As Built)

Conteúdo 8: Lajes Mistas

  • Método De Cálculo
  • Prescrições
  • Dimensionamento
  • Aplicações

Conteúdo 9: Lajes Maciças

  • Conceito
  • Vão Teórico
  • Laje Isolada
  • Laje Contínua, Vão Extremo
  • Laje Contínua, Vão Intermediário
  • Tipos De Apoio
  • Lajes Armadas Em Cruz
  • Lajes Armadas Numa Só Direção
  • Cargas Atuantes Nas Lajes
  • Cargas Permanentes
  • Cargas Acidentais
  • Avaliação Das Cargas Permanentes
  • Peso Próprio
  • Revestimento
  • Enchimento
  • Alvenaria Sobre A Laje
  • Peso Específico Dos Materiais De Construção
  • Avaliação Das Cargas Acidentais
  • Espessura Mínima Para As Lajes
  • Limitações Para Flechas De Lajes E Vigas De Edifícios
  • Cálculo De Flecha Em Lajes
  • Momento De Inércia Da Seção Transversal Da Laje
  • Cálculo Das Reações De Apoios
  • Reações Nos Bordos Das Lajes Retangulares
  • Cálculo De Laje Pela Teoria Simplificada De Marcus
  • Tabelas
  • Lajes Em Balanço
  • Lajes Contínuas Com Painéis De Vãos Diferentes
  • Lajes Contínuas
  • Momento Nas Lajes Com Bordo Livre
  • Reação Nas Lajes Com Um Bordo Livre
  • Flecha Em Lajes Sobre 3 Apoios Com Carga Distribuída Total
  • Cobrimento Da Armadura
  • Espaçamento Da Armadura
  • Diâmetro Máximo Das Barras
  • Armadura De Distribuição
  • Armadura Nos Cantos De Lajes Retangulares
  • Armadura Transversal

Conteúdo 10: Lajes Nervuradas

  • Dimensões Mínimas
  • Metodologia De Cálculo
  • Dimensionamento
  • Verificação Do Cisalhamento Como Laje
  • Verificação Do Cisalhamento Como Viga
  • Recomendações
  • Avaliação Do Peso Próprio
  • Verificação Do Cisalhamento

Conteúdo 11: Lajes Cogumelo

  • Tipos De Lajes Cogumelo
  • Lajes Sem Capitéis
  • Lajes Com Capitel
  • Recomendações
  • Dimensionamento
  • Espessura
  • Solicitações De Flexão
  • Solicitação De Punção
  • Pilares Centrais
  • Pilares De Canto
  • Pilares Laterais
  • Esforço Cortante
  • Flecha Limite
  • Aplicações
  • Seção Mínima Dos Pilares
  • Carregamento
  • Solicitações
  • Direção Vertical (X)
  • Direção Horizontal (Y)
  • Distribuição Dos Momentos
  • Verificações De Armadura Simples
  • Verificações De Puncionamento
  • Verificações De Flecha
  • Armadura De Flexão
  • Detalhamento Da Armadura De Flexão
  • Análise Por Elementos Finitos

Conteúdo 12: Tabelas de Solicitações de Lajes

  • Laje simplesmente apoiada no contorno
  • Laje engastada em "x"
  • Laje engastada em "x" e "y"
  • Laje duplamente engastada em "x"
  • Laje engastada em "y" e duplamente engastada em "x"
  • Laje engastada em todo contorno

Conteúdo 13: Aderência e Ancoragem

  • Generalidades
  • Zonas de Boa e Má Aderência
  • Escorregamento
  • Tensão de Aderência Última
  • Coeficiente de Aderência
  • Comprimento de Ancoragem Reta, por aderência das Barras Tracionadas
  • Casos Particulares
  • Comprimento de Ancoragem por Aderência das Barras Comprimidas
  • Ancoragem em Gancho
  • Ancoragem de Barras Dobradas (Curvadas)
  • Ganchos
  • Emendas das Barras
  • Traspasse
  • Barras emendadas numa mesma seção
  • Proporção máxima de emendas numa mesma seção
  • Emendas por Luvas
  • Emendas por Solda

Conteúdo 14: Cisalhamento

  • Tensões De Cisalhamento Em Seções Transversais Homogêneas
  • Tensões De Cisalhamento No Concreto Fissurado
  • Tensão De Cisalhamento Convencional Do Concreto
  • Tensões Principais Em Seções Transversais Homogêneas
  • Limites Máximos Da Tensão De Cisalhamento Convencional
  • Limite Máximo Da Tensão De Cisalhamento Convencional Dispensando Armadura Transversal
  • Cálculo Da Armadura De Cisalhamento
  • Treliça Clássica De Morsch
  • Armadura De Cisalhamento
  • Tensão Na Membrura Comprimida
  • Deslocamento Do Diagrama De Momentos
  • Generalização Da Treliça De Morsch
  • Percentagem De Armadura Transversal
  • Armadura Transversal Mínima
  • Cisalhamento Levando Em Conta A Colaboração Da Compressão Do Concreto
  • Redução Da Força Cortante Em Peças Com Altura Variável
  • Peças Com Altura Variável Sumetidas A Ação De Esforço Normal
  • Cisalhamento Nas Seções Próximas Aos Apoios
  • Apoio Indireto
  • Armadura De Suspensão
  • Empuxo Ao Vazio
  • Prolongamento Da Armadura Longitudinal Máxima De Tração
  • Armadura De Costura

Conteúdo 15: Flexão Simples

  • Hipótese do Cálculo
  • Dimensionamento à Flexão Simples
  • Cálculo da Posição da LN (x e y)
  • Cálculo da Altura Útil (d)
  • Cálculo da Área da Seção da Armadura (As)
  • Deformações
  • Diagramas Tensão x Deformação - Aços
  • Armadura Mínima de Flexão
  • Armadura Máxima de Flexão
  • Dimensionamento no Domínio 3 com Armadura de Compressão
  • Encurtamento Relativo na Armadura Comprimida
  • Posição da LN
  • Momentos
  • Aplicação
  • Utilizando Tabela de Flexão
  • Sem Utilização de tabelas
  • Largura da mesa
  • Influência da Mesa
  • LN no limite mesa/nervura
  • LN na mesa
  • LN na nervura
  • Viga T com armadura de compressão
  • Aplicações Propostas

Conteúdo 16: Consolos Curtos

  • Procedimento
  • Dimensionamento
  • Armadura de Pele (Costelas)
  • Armadura Transversal
  • Consolos com Grande Largura
  • Consolos Altos
  • Tipos de Consolos Usuais
  • Detalhes da Armadura
  • Detalhe das Armaduras em Perspectiva Isométrica
  • Distribuição em planta
  • Aplicação
  • Aplicações Consolos Curtos

Conteúdo 17: Marquises

  • Cargas
  • Marquises em consolos ou armadas transversalmente
  • Esforços Solicitantes
  • Engastamento em viga
  • Espaços em viga
  • Marquises com consolos armada em cruz
  • Marquises com consolos e vigas longitudinais
  • Lajes de piso
  • Em pilares
  • Marquise engastada em vigas
  • Exemplos

Conteúdo 18: Escadas

  • Classificação
  • Quanto Ao Seu Eixo
  • Escadas Em "I"
  • Escadas Em "L"
  • Escadas Em "U"
  • Escadas Circulares
  • Quanto A Direção Da Armadura Principal
  • Escadas Armadas Transversalmente
  • Escadas Armadas Longitudinalmente
  • Escadas Armadas Armadas Em Cruz
  • Avaliação Das Cargas
  • Peso Próprio
  • Revestimento
  • Sobrecarga
  • Disposições Construtivas
  • Espelho
  • Calculo De Escadas Em "I"
  • Escadas Armadas Transversalmente
  • Solicitações Na Laje
  • Armaduras Da Laje
  • Verificação Do Cisalhamento
  • Escadas Armadas Longitudinalmente
  • Cargas
  • Patamar
  • Escada
  • Solicitações
  • Escadas Com Degraus Em Balanço
  • Engastadas Em Viga Lateral
  • Cargas
  • Solicitações Na Escada
  • Armaduras Da Escada
  • Solicitações Na Viga
  • Escadas Com Degraus Isolados Engastados Em Uma Viga
  • Cargas
  • Solicitações Na Escada
  • Armaduras Da Escada
  • Escadas Com Degraus Balanceados
  • Analise Dos Degraus
  • Carga
  • Solicitações
  • Analise Da Viga
  • Carga Acidental Dos Dois Lados Da Escada
  • Carga Acidental Somente De Um Dos Lados Da Escada
  • Escadas Armadas Em Cruz
  • Escadas Em "L"

Conteúdo 19: Blocos de Coroamento de Estacas

  • Bloco Sobre 1 Estaca
  • Aplicação
  • Bloco Sobre 2 Estacas
  • Aplicações
  • Bloco Sobre 3 Estacas
  • Bloco Sobre 4 Estacas
  • Bloco Sobre Um Número Qualquer De Estacas
  • Obter Os Momentos No Bloco

Conteúdo 20: Caixa d'água

  • Caixa d'água elevada
  • Caixa d'água subterrânea
  • Funcionamento estrutural
  • Cargas
  • Esquema de cargas
  • Peso específico dos solos
  • Subpressão d'água
  • Caixa cheia
  • Esforços Solicitantes
  • Caixas d'água armada horizontalmente
  • Cálculo do quadro horizontal
  • Caixas d'água armada verticalmente
  • Caixas d'água armada em cruz
  • Caixa d'água apoiada em pilares
  • Caixa d'água com septos intermediários
  • Caixa d'água com esquemas estruturais particulares
  • Caixa d'água elevadas
  • Caixa d'água enterrada
  • Condições de apoio das lajes individuais
  • Detalhes das armaduras
  • Corte horizontal
  • Armadura Suplementar
  • Detalhe Construtivo
  • Adoçamento dos cantos
  • Cálculos

Conteúdo 21: Muros de Arrimo - Parte 1

  • Principais tipos de estruturas de contenção
  • Muros de Peso
  • Alvenaria de Pedras
  • Gravidade (Concreto Ciclópico)
  • Gabiões
  • Solo Pneus
  • Solo Reforçado
  • Sacos de Solo/Cimento
  • Muros de Concreto Armado
  • Seções em "L"
  • Muros com Contraforte
  • Muros de Concreto ancorados na base
  • Muros Atirantados

Conteúdo 22: Muros de Arrimo - Parte 2

  • Características
  • Dimensionamento
  • Empuxos e Forças Estabilizadoras
  • Cortina
  • Estabilidade e Dimensionamento da Sapata
  • Pressão Sobre o Muro
  • Empuxo
  • Momento Fletor
  • Esforço Cortante
  • Dimensionamento da Cortina
  • Flexão
  • Esforço Cortante (Cisalhamento)
  • Verificação da Estabilidade

Conteúdo 23: Lajes Treliçadas

  • Armação Treliçada
  • Vigota Treliçada e Painel Treliçado
  • Elementos de Enchimento
  • Capeamento e Armadura de Distribuição
  • Projeto e Carregamentos
  • Tabelas de Armaduras Adicionais
  • Execução
  • Transporte e Manuseio
  • Escoramento
  • Nervuras Transversais
  • Posicionamento em Serviço
  • Vigotas Justapostas
  • Colocação dos Elementos de Enchimento
  • Armadura Complementar
  • Concretagem e Descimbramento

Conteúdo 24: Estruturas Protendidas

  • Protensão no Mundo
  • Protensão no Brasil
  • Sistemas de Operação da Protensão
  • Noções e Conceitos Básicos
  • Conceito de Protensão
  • Tipos de Protensão
  • Níveis de Protensão
  • Materiais
  • Concreto
  • Aços
  • Fios e Cordoalhas
  • Cabos
  • Bainhas
  • Injeção
  • Tipos de Ancoragens
  • Macacos Hidráulicos
  • Traçado do Cabo de Protensão
  • Influência da Protensão no Traçado dos Cabos
  • Influência do Aspecto Construtivo no Traçado dos Cabos
  • Solicitações Decorrentes da Protensão
  • Carregamento Equivalente
  • Esforços Isostáticos
  • Hiperestático de Protensão
  • Avaliação da Força de Protensão
  • Força de Protensão Inicial
  • Força Média de Protensão
  • Valores Limites da Força na Armadura de Protensão
  • Valores Representativos da Força de Protensão
  • Valores de Cálculo da Força de Protensão
  • Perdas da Força de Protensão
  • Perdas Imediatas
  • Perdas por Atrito
  • Perdas por Deslizamento da Armadura na Ancoragem e Acomodação da Ancoragem
  • Encurtamento Imediato do Concreto
  • Perdas Progressivas
  • Perdas por Fluência e Retração do Concreto e Relaxação do Aço
  • Processo Simplificado da NBR 6118 para o Caso de Fases Únicas de Operação
  • Processo Aproximado da NBR 6118
  • Avaliação do Alongamento
  • Verificações nos Estados Limite
  • Estados Limites Últimos (ELU)
  • Estado Limite Último de Solicitações Normais
  • Estado Limite Último de Ruptura no Ato da Protensão
  • Estado Limite Último de Solicitação Tangencial
  • Estados Limites de Serviço (ELS)
  • Aspectos da Modelagem de Cabos de Protensão com Auxílio do Programa SAP2000
  • Exemplos de Aplicação
  • Exemplo 1 - Viga Isostática
  • Características Gerais da Superestrutura
  • Caracterização das Propriedades Geométricas e Mecânicas
  • Características das Seções
  • Desenhos das Seções
  • Definição dos Carregamentos
  • Ações Permanentes
  • Ações Variáveis
  • Esforços Solicitantes Característicos
  • Pré-dimensionamento ELU (Flexão)
  • Avaliação da Força de Protensão
  • Traçado do Cabo de Protensão
  • Avaliação dos Esforços Iniciais de Protensão
  • Perdas da Força de Protensão
  • Perdas Imediatas
  • Perdas por Atrito
  • Perdas por Deslizamento da Armadura e Acomodação da Ancoragem
  • Perdas por Encurtamento Imediato do Concreto
  • Perdas Progressivas
  • Perda por Retração
  • Perda por Fluência
  • Perda por Relaxação
  • Perda Total
  • Verificação à Flexão no ELU
  • Dimensionamento ao Cisalhamento no ELU
  • Avaliação das Tensões no Concreto
  • Estado Limite Último no Ato de Protensão
  • Estado Limite de Serviço de Descompressão
  • Estado Limite de Serviço de Formação de Fissuras
  • Avaliação do Alongamento Teórico do Cabo de Protensão
  • Avaliação do Pré-Alongamento
  • Exemplo 2 - Método do Carregamento Equivalente
  • Exemplo 3 - Avaliação dos Resultados da Modelagem pelo Programa SAP2000

Conteúdo 25: Vigotas Protendidas

  • Dados Técnicos das Vigotas Protendidas
  • Definição
  • Vantagens das lajes pré-fabricadas protendidas
  • Facilidade de utilização
  • Redução ou eliminação de escoramento
  • Redução do consumo de concreto e peso-próprio
  • Maiores vãos e menores flechas
  • Maior qualidade e confiabilidade
  • Projeto das lajes pré-fabricadas protendidas
  • Vão livre
  • Vão efetivo
  • Cargas nas lajes
  • Cargas acidentais
  • Cargas permanentes
  • Influência da carga de paredes
  • Perpendicular às vigotas
  • Determinação da sobrecarga
  • Dimensionamento da laje
  • Relação de conforto
  • Como utilizar as tabelas de dimensionamento da laje
  • Exemplo de utilização das tabelas de dimensionamento da laje

Conteúdo 26: Dominios da Deformação do Concreto

  • Concretos de alta resistência
  • Diagrama tensão versus deformação do concreto segundo EUROCODE
  • Diagrama tensão versus deformação do concreto segundo ABNT NBR 6118:2014
  • Alterações nas propriedades do concreto na ABNT NBR 6118:2014
  • Evolução bibliográfica
  • Objetivos
  • Contextualização
  • Parâmetros de dimensionamento de pilares
  • Rotina de dimensionamento de pilares intermediários e de extremidade
  • Diagramas e limites
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto no domínio (1)
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto no domínio (2a)
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto no domínio (2b)
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto nos domínios (3) e (4)
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto nos domínios (4a) e (5)
  • Obtenção da resultante de compressão no concreto nos domínios (2a) e (2b) via diagrama
  • Retangular da tensão de compressão no concreto
  • Equações para a configuração de 2 camadas de armadura
  • Equações para a configuração de 3 camadas de armadura
  • Equacionamento no domínio (2a)
  • Equacionamento no domínio (2b)
  • Equacionamento no domínio (3)
  • Equacionamento no domínio (4a) e (5)
  • Contextualização
  • Flexo - Tração: tirante
  • Tração centrada
  • Tração excêntrica
  • Flexo - Compressão: pilar
  • Pilar intermediário
  • Pilar de extremidade

Conteúdo 27: Teoria dos Dominios da Deformação do Concreto e Estádios

  • Bases para o cálculo
  • Estádio 1
  • Estádio 2
  • Estádio 3
  • Domínios de deformação na ruína
  • Ruína por deformação plástica excessiva
  • Ruína por ruptura do concreto na flexão
  • Flexão simples na ruína - equações
  • Estados limites de serviço

  

Ainda com dúvidas sobre o Curso online Concreto Armado - Teoria e Cálculo?

Acesse nossa página de Perguntas Frequentes (FAQ) e veja se sua dúvida já tem uma resposta imediata cadastrada.
 
Você também pode entrar em contato com a CursosVirtuais.net usando os canais da nossa Central de Atendimento ao Aluno.
 
 
 
  Veja também
 
Assentamento de Pisos, Cerâmicas e Azulejos

Assentamento de Pisos, Cerâmicas e Azulejos

Aprenda a colocar azulejos, pisos, cerâmicas e mosaicos com nosso curso.

A partir de
3x de R$ 10,00
ou R$ 30,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Construção de Casas e Edifícios

Construção de Casas e Edifícios

O curso de Construção de Casas e Edifícios traz um conteúdo necessário para o desenvolvimento de um profissional capacitado e diferenciado. O curso disponibiliza uma linguagem objetiva e clara no qual facilita o aprendizado e a futura elaboração de projetos. Indicados para engenheiros, técnicos, pedreiros e mestres de obras.

A partir de
3x de R$ 8,00
ou R$ 24,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Execução de Estruturas de Concreto Armado

Execução de Estruturas de Concreto Armado

O curso é ideal para os que desejam se aperfeiçoar em técnicas para realizar obras com concreto armado. Você aprenderá sobre madeiramento, como fazer vigas, colunas, sapatas e muito mais.

A partir de
3x de R$ 10,00
ou R$ 30,00 no boleto
 Vantagens do curso

 
Modelos de Projetos e Escadas

Modelos de Projetos e Escadas

Você vai construir? Então não deixe de adquirir o Curso de Modelos e Projetos ter idéias de projetos de casas, chalés, apartamentos e escadas!

A partir de
3x de R$ 9,00
ou R$ 27,00 no boleto
 Vantagens do curso


      CURSOSVIRTUAIS.NET
OTAVIO MEDEIROS DIAS EPP
CNPJ 08.179.401/0001-62
Caixa Postal 446, Ibiúna/SP - CEP 18150000
Atendimento ao aluno:
0800-580-0836 / (11)­ 3197-4396 / (11)­ 99636-6171
atendimento@cursosvirtuais.net
De Segunda a Sexta, das 08h00 às 20h00, exceto feriados